>

Vinte minutos do Persona 5 foram suficientes para me convencer de que preciso disso

^